O Comando Regional da Polícia de Segurança Pública da Madeira informa que procedeu à identificação de dois cidadãos do sexo masculino, com as idades de 27 e de 35 anos, naturais e residentes no Funchal, pelo crime de furto a estabelecimento.

“A ocorrência teve lugar na passada sexta-feira, na cidade do Funchal, na zona dos Viveiros, num estabelecimento comercial de venda a retalho ali existente, após denuncia de um cidadão para as autoridades policiais.

A rápida reação policial logrou identificar e deter os suspeitos acima mencionados, os quais são reincidentes neste tipo de prática, tendo um deles sido intercetado no início da semana por assalto a uma ourivesaria na baixa da cidade.

A quantia monetária furtada (cerca de 41 euros) de uma máquina de tabaco, foi apreendida e entregue ao seu legítimo proprietário.

Os suspeitos foram colocados em liberdade uma vez que não foi formalizada a corresponde queixa-crime por parte do proprietário do estabelecimento.

O Comando Regional da PSP Madeira aproveita a ocasião para relembrar a importância de dar conhecimento imediato às autoridades policiais sempre que existe notícia de um crime, bem como exercer o direito de queixa sempre que tal seja necessário, possibilitando assim o rápido desenvolvimento de diligências que conduzam ao sucesso das investigações, identificação e responsabilização criminal dos seus autores e recuperação do produto furtado”, adianta a PSP em comunicado.

Artigos semelhantes

0