Authors Posts by Redação

Redação

6268 POSTS 2 Comentários

0

Passado um ano sobre o acidente numa pista de esqui, nos Alpes Franceses,Michael Schumacher continua a lutar para recuperar das graves lesões que sofreu.

Segundo o site Metro, o heptacampeão alemão chorou ao reconhecer as vozes da mulher, Corinna, e dos filhos, Gina e Mic. Schumacher não consegue falar, mas está consciente e comunica com os olhos.

O piloto conta com uma equipa de 15 profissionais, mas enfrenta ainda um longo e difícil processo de reabilitação.

0

A piloto portuguesa Elisabete Jacinto conquistou, ontem, o segundo lugar na categoria de camiões na quinta etapa do África Eco Race em todo-o-terreno, mantendo-se no sétimo lugar da classificação geral.

Elisabete Jacinto cumpriu 225 quilómetros do setor seletivo entre As Sakn e Dakhla, em Marrocos, em 2:06.16 horas. A piloto lusa foi apenas superada entre os camiões pelo russo Sergei Kuprianov (Kamaz), 3.08 minutos mais rápido.

0

Depois de ter rejeitado o convite para uma coligação com o PS-Madeira, pelo facto de a mesma ter como candidato a líder do Governo Regional Vítor Freitas, o Partido da Nova Democracia (PND-Madeira) prepara-se para iniciar negociações com a restante oposição regional.

O AgoraMadeira sabe que a Nova Democracia convidou diversos partidos para uma reunião a realizar-se na próxima quarta-feira, à margem dos socialistas madeirenses. Entre as estruturas partidárias ‘convocadas’ para esta negociação, está o Partido Trabalhista Português (PTP), de José Manuel Coelho, o Movimento Partido da Terra, de Roberto Vieira e o Bloco Esquerda (BE), de Roberto Almada.

Em ‘stand by’ está  o repto de coligação lançado pelo PS-Madeira –  que reuniria, à partida, o consenso da oposição, à exceção do PND-M.  Segundo apurámos, as expetativas centram-se no posicionamento do Partido Comunista Português (PCP) liderado por Edgar Silva.

Com o convite do PND, novos cenários são colocados sobre a mesa. Roberto Vieira diz que um possível acordo dependerá das garantias apresentadas pelos partidos que encetarem a coligação. O porta-voz do MPT refere, contudo, que essa decisão passará sempre pela direcção nacional.

Outra questão a colocar é se a eventual entrada do Partido Democrático Republicano (PDR) afastará, ou não, o MPT de uma coligação com o PS-M. João Isidoro, representante na Madeira do PDR, assume que não foi convidado pelo PDN, até porque, explica, o partido ainda não foi certificado pelo Tribunal Constitucional (TC), embora se preveja que isso venha a acontecer nos ‘timings” propícios a uma eventual coligação.

No reverso da medalha, Roberto Vieira reconhece que a adesão do PDR seria um possível entrave a uma coligação. “Essa é uma questão a equacionar. À partida, poderá ser um entrave. Por outro lado, temos de garantir a manutenção de um deputado, respeitando o nosso compromisso de representatividade com o nosso eleitorado”, vinca .

Pela parte do PTP-M, Quintino Costa, secretário-geral do partido, diz que não vai participar na reunião por motivos de agenda. Resta também saber o posicionamento do Bloco de Esquerda. A estrutura partidária reúne, amanhã, os seus órgãos diretivos, um encontro que servirá para debater assuntos partidários e decidir sobre a participação, ou não, no encontro da próxima quarta-feira.

0

Foi na década de 80 que a Madeira organizou pela primeira vez uma prova integrada no Campeonato Nacional de Masters, em natação, na altura na piscina da Matur. Agora, a Região volta a acolher uma competição de grande impacto nacional. O próximo Open Internacional de Masters de Inverno será mesmo uma das maiores provas de sempre da modalidade a ter lugar na Madeira.

A Associação de Natação da Madeira (ANM) deverá contar com a participação de aproximadamente 400 nadadores na prova que se realiza no Complexo de Piscinas Olímpicas do Funchal situado na Penteada, sendo que 200 dos quais vêm de fora da Madeira, não só do continente português como também do estrangeiro.

«Espanhóis, franceses e canadianos já nos contactaram para saber as condições de participação mas só esta segunda-feira saberemos ao certo as inscrições de fora de Portugal», explicou ao AgoraMadeira Avelino Silva, presidente da ANM.

A prova vai contar com o apoio da Direção Regional de Juventude e Desporto, da Secretaria do Turismo e da Câmara do Funchal mas é graças à abertura e ao grande suporte da Federação Portuguesa de Natação que será possível à Madeira organizar uma competição desta dimensão.

«É sem dúvida um grande parceiro e tudo se deve à visão alargada do presidente António Silva que acredita muito no potencial do Complexo da Penteada. A organização deste evento é, sem dúvida alguma, uma vitória para a Madeira», congratulou-se.

A RESISTÊNCIA DAS OUTRAS ASSOCIAÇÕES

Mas trazer para a Madeira uma prova do Campeonato Nacional de Masters não foi consensual entre as restantes associações do país.

«Houve grande resistência das outras associações que não queria vir para cá competir, mas não tenho dúvidas que o nosso complexo é um dos melhores do país, tal como o de Coimbra, o de Lisboa e o de Rio Maior», realçou.

Para Avelino Silva «esta é uma grande oportunidade para promover o complexo de forma a tentar trazer equipas de fora a estagiar cá, mostrando ao mesmo tempo a nossa capacidade organizativa e o bom clima da Madeira», sublinhou.

O orçamento da prova não inclui as viagens dos atletas e só abrange metade do valor da estadia. Já o campeonato é obrigatório para os atletas que estão à procura de mínimos para participar no próximo Europeu e no próximo Mundial.

A organização está a preparar um programa de cariz social para os participantes, sendo certo que à porta do complexo durante os dias de prova haverá um grande arraial madeirense.

«Para além disso, o sistema eletrónico para os tempos será diferente daquele que é usado nas provas regionais», explicou Avelino Silva, confiando no sucesso do Open Internacional de Masters, destinado a nadadores com mais de 25 anos.

0

Patrícia Gaspar / AgoraMadeira

albinoSer jornalista foi a única profissão que quis desde os 8 anos, mas foi em Braga, na Universidade do Minho, onde interiorizei todos os princípios desta profissão tão nobre. Hoje, lembro-me dos colegas de faculdade – alguns empurrados como eu para as filas do desemprego -, todos eles grandes apaixonados pelo jornalismo.

Quem se apaixona pelo jornalismo e pela liberdade de expressão não tem, na verdade, remédio. E será, por isso, que nem eu, nem o Sérgio Freitas Teixeira resistimos ao ‘bichinho’ da escrita. É também por essa razão que nasce o AgoraMadeira.

Avançamos, conscientes de que este não é um desafio fácil e embaraçados, de certa forma, por entendermos que os meios ao nosso alcance não são aqueles que desejaríamos e que a nossa oferta está longe de satisfazer aquilo que ambicionamos para os nossos leitores.

A verdade é que não nos apetece desistir da profissão que mais amamos, neste País em crise. Prometemos dar o melhor e servir com o máximo rigor os nossos propósitos informativos, eu no ‘BackOffice’ do AgoraMadeira e o Sérgio Freitas Teixeira na ‘linha da frente´ da escrita.

Porque, nunca é demais, agradecemos a todos quantos nos apoiam e a todos quantos queiram acompanhar o nosso site. Como diria o grande poeta Miguel Torga:

“E, nunca saciado,

Vai colhendo

Ilusões sucessivas no pomar

E vendo

Acordado,

O logro da aventura”

0

Com popularidade crescente entre os madeirenses, o trail running está também a atrair cada vez mais visitantes à ilha. Esta prática desportiva consiste essencialmente em correr por trilhos técnicos, muitas vezes inacessíveis de outra forma.

Caraterizado por grandes desníveis e elevada dureza, o trail running contempla diversos níveis de dificuldade, possibilitando a adesão de diversas faixas etárias. trail2

paulo
Paulo Rodrigues pratica e recomenda o trail running.

Paulo Rodrigues é praticante da modalidade e recomenda vivamente. “O prazer de andar pela montanha e desanuviar do stress do quotidiano. Além disso, o desafio de conseguir fazer um percurso longo… Numa palavra: superação”, explica o madeirense, acrescentando que “mais do que competir com os outros, no trail compete-se connosco próprios”.

Para além do bem-estar psicológico e físico, o trail running tem ainda a vantagem de ser uma prática desportiva acessível a todos os bolsos. “O fundamental é ter uma boa sapatilha, pois  vai proteger as articulações dos impactos consecutivos durante quilómetros… Conseguimos fazer trail com um orçamento reduzido”, sublinha Paulo Rodrigues que elege o Chão da Ribeira, situado a uma altitude de 300 metros de altitude, e a subida até aos 1500 metros, nos Estanquinhos, como os seus locais favoritos para praticar trail. Encumeada, Pico Ruivo e Pico do Areeiro também são boas opções.

“A Madeira tem excelentes condições, muito desnível em curtas distâncias. Lá fora, só conheço Mont Blanc e tem paisagens fabulosas… É a Meca do trail”, conclui Paulo Rodrigues.

Em  Abril próximo, a ilha da Madeira acolhe o MIUT – Madeira Island Ultra Trail 2015, uma prova que conta já com 680 participantes, 265 dos quais estão inscritos na prova principal. trail 3

Sob a organização do Clube de Montanha do Funchal, este evento vai figurar, pela primeira vez, no calendário 2015 do UTWT (Ultra Trail World Tour), um restrito circuito mundial de apenas 12 provas, distribuídas pelos 5 continentes, cuja supervisão cabe ao ITRA – Internacional Trail Running Association, da qual o clube organizador é associado.

0

O ditado popular ‘Uma mentira mil vezes repetida torna-se verdade’ parece ser agora comprovado por especialistas. Segundo o psicólogo britânico Richard Sherry, “embelezar a verdade” para impressionar os amigos no Facebook pode criar falsas memórias. Quando se inventa factos no Facebook, corre-se o risco de passar a acreditar neles?

Segundo o Telegraph, especialistas revelam que um quinto dos jovens admite que o seu perfil online tem poucas semelhanças com a realidade e que as suas memórias de eventos passados foram distorcidas pelas suas próprias fabricações. Os jovens adultos, entre os 18 e os 24 anos, admitem raramente dizer a verdade no Facebook sobre as suas relações ou promoções no trabalho. E mentem até sobre as férias.

0

Em entrevista à TVI, José Sócrates afirmou nunca ter sido confrontado com factos ou provas no processo que o levou ser preso preventivamente. “Esta prisão preventiva é ilegal”, declarou.

O ex-primeiro-ministro português garantiu que, apesar da insistência, ninguém lhe disse que “quando e como” foi corrompido, “onde ou sequer em que país do Mundo essa corrupção aconteceu”. Segundo o ex-governante, Carlos Santos Silva apenas lhe emprestou dinheiro.

Detido preventivamente em Évora, Sócrates respondeu por escrito  a várias questões colocadas pela estação televisiva TVI. “Dou esta entrevista em legítima defesa, contra a sistemática e criminosa violação do segredo de justiça, e contra a divulgação de informações manipuladas, falsas e difamatórias”,  justificou.

0

A Madeira figura entre os distritos com maior número de vítimas mortais em 2014. Dados avançados à agência Lusa pela PSP revelam que Lisboa é a zona do País com maior número de acidentes mortais, (29 mortos), seguindo-se o Porto (11), os Açores (oito), a Madeira (seis), Coimbra (cinco) e Braga (quatro).

A PSP registou 13.314 acidentes rodoviários e 79 vítimas mortais em 2014, o que representa uma diminuição de 94 acidentes e 21 mortos em relação ao ano anterior, segundo anunciou hoje a agência Lusa.

Comparativamente a 2013, a Polícia de Segurança Pública registou menos 94 acidentes, menos 21 mortos, menos 31 feridos graves e menos 115 feridos ligeiros.

Os distritos que registaram um maior decréscimo de sinistralidade rodoviária no ano passado em relação a 2013 foram Viseu, com menos 18% de acidentes, Portalegre, com menos 13%, Braga e Bragança, com menos 11%, e Setúbal, com menos 8%.

0

Será que podemos caminhar em Júpiter? Seria impossível por várias razões.

Júpiter é uma enorme bola de gás, 11 vezes maior que a Terra. Devido à força da gravidade, ao penetrar na atmosfera, o gás torna-se mais denso. Nenhuma máquina criada pelo homem seria capaz de suportar a pressão e manter o equilíbrio.

Não existe solo em Júpiter, só gases. Pelo facto de a sua gravidade ser enorme um ser humano pesaria milhares de toneladas. Júpiter é muito turbulento e possui tempestades eletromagnéticas inimagináveis para os padrões da Terra.

FONTE: www.sitedecuriosidades.com