Tubarão branco com 3 metros avistado a 100 metros da costa da...

Tubarão branco com 3 metros avistado a 100 metros da costa da Ponta do Pargo

Por
1

É um avistamento raro, talvez até único, nos mares da Madeira: um tubarão branco – uma das espécies de tubarões mais temidas do Mundo – com 3 metros de comprimento e aproximadamente 300 quilos foi avistado há cerca de duas semanas a cerca de 50 a 100 metros da costa da Ponta do Pargo, em frente ao farol.

O AgoraMadeira falou com o pescador de caça submarina que o avistou e que até agora parece ainda não acreditar no que viu.

«Estava no fundo, deitado, a cerca de 12 metros, pronto para caçar quando, pelo canto do olho, vi uma barbatana a desaparecer atrás de uma rocha. Pensei que fosse uma bicuda mas quando me virei para o outro lado para apanhá-la de frente, encarei-me com um tubarão que nunca tinha visto. Ele veio direto a mim e passou a cerca de três metros do meu corpo», começou por contar Filipe Vasconcelos, acrescentando:

«Pelas caraterísticas do tubarão, estou certo que não era um marracho, nem outra espécie habitual aqui na Madeira. Pesquisei, vi fotos, comparei tubarões e não tenho dúvidas que era um tubarão branco. Não era adulto, porque os adultos ainda são maiores, mas nunca tinha visto nada assim!», confessou.

Vários encontros com tubarões mas nada como este

Filipe Vasconcelos costuma fazer caça submarina na Ponta do Pargo e já não tem conta do grande número de tubarões que já viu.

«Já vi vários tubarões naquela zona. Muitas canejas, um cardume de tubarões-martelo…mas nada como isto», admitiu, reforçando o facto de não ter peixe consigo aquando do encontro imediato com o tubarão branco.

«Nem quero pensar como seria se tivesse peixe comigo, na arma, e de como seria o comportamento do tubarão se o tivesse…», concluiu.

1 Comentário

  1. Provavelmente terá sido o famoso tubarão que já se ouve falar à muito tempo entre pescadores e moradores da costa norte. Há cerca de 4 anos também eu e outros mergulhadores de caça submarina nos deparamos com um tubarão idêntico na zona das achadas da cruz. A uns atacou o peixe que estava na boia e no meu caso quando o vi estava perto da minha boia com a barbatana dorsal fora de água e depois dirigiu-se de frente para mim até cerca de dois metros e depois afastando-se. Até conseguir sair para fora de água ele fez-me isso 3 vezes. A meu ver esse tubarão ainda vai atacar alguém, e seria bom que alguém fizesse alguma coisa para evitar um mal maior..

Dê a sua opinião sobre este artigo