Um homem com 46 anos, sem-abrigo, morreu esta tarde na Rua dos Arrependidos, no Funchal.

O alertava dava conta de uma crise convulsiva mas quando os Bombeiros Voluntários Madeirenses e a EMIR chegaram ao local, o homem já estava morto na sequência de uma paragem cardiorrespiratória.

Artigos semelhantes

0

0